segunda-feira, 26 de março de 2018

O que diz a Bíblia sobre a fé?


Resultado de imagem para A FÉ


Pergunta: "O que diz a Bíblia sobre a fé?"

Resposta: Hebreus 11:1 nos diz que a fé é "a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem." Talvez nenhum outro componente da vida cristã seja mais importante do que a fé. Não podemos comprá-la, vendê-la ou dá-la aos nossos amigos. Então, o que é a fé e qual é o seu papel na vida cristã? O dicionário define a fé como "crença, devoção ou confiança em alguém ou alguma coisa, especialmente sem prova lógica." Ele também define a fé como "crença e devoção a Deus." A Bíblia tem muito mais a dizer sobre a fé e sua grande importância. Na verdade, ela é tão importante que sem fé não temos lugar com Deus, e é impossível agradá-lo (Hebreus 11:6). A fé é a crença no único e verdadeiro Deus, sem realmente vê-Lo.

De onde a fé vem? A fé não é algo que podemos criar por conta própria, nem é algo com que nascemos; também não é resultado da diligência no estudo ou busca do espiritual. Efésios 2:8-9 deixa claro que a fé é um dom de Deus, não porque a merecemos ou por sermos dignos de tê-la ou ganhá-la. Não é de nós mesmos; ela é de Deus. Não é obtida por nosso poder ou vontade própria, mas simplesmente nos é dada por Deus, juntamente com a Sua graça e misericórdia, de acordo com o Seu santo plano e propósito. Por causa disso, Ele recebe toda a glória.

Por que ter fé? Deus planejou uma maneira de distinguir entre aqueles que pertencem a Ele e aqueles que não pertencem, e isso é chamado de fé. Simplificando, precisamos de fé para agradar a Deus. Deus nos diz que agrada-lhe quando cremos nEle mesmo quando não podemos vê-lo. Uma parte fundamental de Hebreus 11:6 é que "Ele se torna galardoador dos que o buscam." Isso não quer dizer que temos fé apenas para obter algo dEle. No entanto, Deus ama abençoar aqueles que são obedientes e fiéis. Vemos um exemplo perfeito disso em Lucas 7:50. Jesus está tendo um diálogo com uma mulher pecadora quando Ele nos dá um vislumbre da razão pela qual a fé é tão gratificante. "A tua fé te salvou; vai-te em paz." A mulher teve fé em Jesus Cristo e Ele a recompensou por isso. Por último, a fé é o que nos sustenta até o fim, sabendo pela fé que vamos estar no céu com Deus por toda a eternidade. "…a quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé: a salvação da vossa alma" (1 Pedro 1:8-9).

Exemplos de fé. Hebreus capítulo 11 é conhecido como o "capítulo da fé" porque nele grandes obras da fé são descritas. Pela fé Abel ofereceu um sacrifício agradável ao Senhor (v. 4); pela fé Noé preparou a arca em um momento em que a chuva era desconhecida (v. 7); pela fé Abraão saiu de sua casa e obedeceu a ordem de Deus para ir a um lugar que ainda não conhecia e, em seguida, ofereceu voluntariamente o seu único filho (vv. 8-10, 17); pela fé Moisés guiou os filhos de Israel para fora do Egito (vv. 23-29); pela fé Raabe recebeu os espiões de Israel e salvou a sua vida (v. 31). Muitos outros heróis da fé são mencionados, "os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam a boca de leões, extinguiram a violência do fogo, escaparam ao fio da espada, da fraqueza tiraram força, fizeram-se poderosos em guerra, puseram em fuga exércitos de estrangeiros" (vv. 33-34). Claramente, a existência da fé é demonstrada pela ação.

A fé é a base do Cristianismo. Sem demonstrar fé e confiança em Deus, não temos lugar com Ele. Acreditamos na existência de Deus pela fé. A maioria das pessoas têm uma noção vaga e desarticulada de quem é Deus, mas falta a reverência necessária para a Sua posição exaltada em suas vidas. Essas pessoas não têm a verdadeira fé necessária para ter um relacionamento eterno com o Deus que as ama. A nossa fé às vezes falha, mas porque é o dom de Deus dado a Seus filhos, Ele proporciona momentos de provação e teste a fim de provar que a nossa fé é real e para aguçar e fortalecê-la. É por isso que Tiago nos diz para considerar motivo de "toda alegria" porque o teste da nossa fé produz perseverança e nos amadurece, fornecendo a prova de que a nossa fé é verdadeira (Tiago 1:2-4).

FONTE:  https://www.gotquestions.org/Portugues/Biblia-fe.html

quinta-feira, 8 de março de 2018

O Enviado do Pai


O Enviado do Pai
O Pai e o Filho enviaram o Espírito Santo para dar poder a Igreja em sua missão
"Eis que envio sobre vós a promessa de meu Pai; permanecei, pois, na cidade, até que do alto sejais revestidos de poder" -  (Lc 24.49)   
O significado da palavra "missão" no contexto bíblico teológico é "enviar". As palavras "missão" e "missionário", muito conhecidas e usadas pelos cristãos evangélicos, vêm da palavra grega apóstolos. Esse vocábulo é usado no Novo Testamento para designar os doze apóstolos: "e escolheu doze deles, a quem deu o nome de apóstolos" (Lc 6.13). 
É também usado para os enviados como embaixadores ou missionários da igreja (2 Co 8.23; Fp 2.25). Jesus é chamado de apóstolos no Novo Testamento grego: "Considerai a Jesus Cristo, apóstolo a sumo sacerdote da nossa confissão" (Hb 3.1). 

Deus enviou seu Filho ao mundo, o Filho enviou seus discípulos ao mundo, o Pai e o Filho enviaram o Espírito Santo para dar poder a Igreja em sua missão de buscar os perdidos da terra. A Bíblia diz que Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores (1Tm 1.15). Essa, portanto, foi a missão na terra do missionário por excelência.  Basta uma lida nos evangelhos para deixar qualquer um perplexo. 

A perfeição e a singularidade que encontramos na vida e ministério de Jesus é algo nunca visto na história. Não procurava status e se associava com os pecadores, publicanos e prostitutas. Embora sendo de vida impecável, sujeito a qualquer prova, não havia preconceito. Rompeu barreiras geográficas, culturais, étnicas e religiosas. Eis o modelo de vida cristã e de missionário. Jesus é de todos e para todos, é o único Salvador do mundo, é dever nosso levar esse nome para as nações (Lc 24.47; At 1.8).

Fonte :  AD JUNDIAÍ  -  Pr. Esequias Soares

terça-feira, 6 de março de 2018

Santificação

Resultado de imagem para santificação
"Nessa vontade é que temos sido santificados, mediante a oferta do corpo de Jesus Cristo, uma vez por todas." (Hebreus 10.10)
O que é santificação? O mais profundo significado de santificação encontramos em Hebreus 13.12: "Por isso foi que também Jesus, para santificar o povo, pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta." E então segue a exortação para santificação: "Saiamos, pois, a ele, fora do arraial, levando o seu vitupério!" Jesus saiu para santificar. Nós precisamos sair até Ele para sermos santificados. A pergunta em primeiro lugar é essa: você está disposto a ser santificado, disposto a ser separado do mundo para ser só de Jesus? É desejo seu abandonar pessoas, propriedades e coisas a fim de ser totalmente unido a Jesus? O caminho da santificação é um caminho solitário, pois ele conduz para fora, ele nos separa para o Senhor. Esse caminho nos conduz até onde Jesus também esteve: não somente para perto da cruz, mas para a própria cruz. A santificação é vitalmente necessária, pois se não quisermos ir até onde Jesus foi quando se entregou totalmente, não chegaremos até onde Ele se encontra agora. Por isso a carta aos hebreus diz: "Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor." O tempo urge, a hora do encontro com Jesus nas nuvens se aproxima com grande rapidez. Tenhamos, pois, bem presente a séria exortação da Palavra que diz: "...porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e, sim, em santificação."
fonte:   chamada.com.br

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Dificuldade em Dormir

Resultado de imagem para sono
foto da internet

Milhões de Americanos tem dificuldade em dormir! Você pode ser um desses. Só uma outra criatura tem tanta dificuldade em dormir quanto nós. Eles são cobertos de lã, de mente simples, e devagar… ovelhas. Ovelhas não conseguem dormir! Para ovelhas dormirem, tudo tem que estar certinho. Nada de predadores. Nada de tensão na manada. Ovelhas precisam de ajuda. Elas precisam de um pastor para conduzí-las e ajudá-las até pastos verdejantes. Sem pastor elas não conseguem dormir.

Sem um pastor nem tampouco nós conseguimos. Salmo 23:2 diz “Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranquilas”. Quem é o ativo? Quem é o encarregado? O Pastor! Com os nossos olhos no Pastor, iremos dormir. Isaías 26:3 nos lembra da promessa, “Tu, Senhor, guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia.”
Fonte :  site Max Lucado

sábado, 13 de janeiro de 2018

Domingo de manhã também é uma benção !


ctz 02 pq
Talvez você seja daqueles crentes que, aos domingos, só vem à igreja à noite. 
Quem sabe, usa o horário da manhã para dormir um pouco mais, cuidar de afazeres domésticos, fazer a feira, ir ao supermercado, ao shopping, fazer uma obra em casa, etc. Mas saiba que é aos domingos de manhã que acontece em sua igreja um dos mais importantes momentos para a sua vida espiritual.
É de manhã na Escola Dominical que você recebe o genuíno e sadio alimento espiritual que só pode ser obtido pelo estudo claro, metódico, continuado e progressivo da Palavra de Deus.  É de manhã na Escola Dominical através do estudo da Palavra de Deus que você cresce e desenvolve-se através do estudo da Palavra de Deus.
É de manhã na Escola Dominical que você adquire uma fé mais robusta e madura, e, assim, estará pronto e mais apto para desempenhar as atividades da Obra de Deus.
É de manhã na Escola Dominical que você desenvolve a sua espiritualidade e o seu caráter cristão.
É de manhã na Escola Dominical que você aprende e realiza a evangelização; além disso, aprende a amar e a cooperar com a obra missionária.
É de manhã na Escola Dominical que você tem oportunidades ilimitadas para servir ao Senhor, pois é o momento para a descoberta, motivação e treinamento de novos talentos.
É de manhã na Escola Dominical que você se reúne com a sua família, fortalecendo o relacionamento entre pais e filhos, as crianças crescem na disciplina do Senhor; e os casais aperfeiçoam a vida conjugal.
É de manhã na Escola Dominical que sua vida espiritual é avivada, porque onde a Palavra de Deus é ensinada e praticada o avivamento acontece.
Estamos esperando você em nossa Escola Dominical. Temos uma classe só para você. Venha no próximo domingo e traga a sua família. Vale a pena! “Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do Senhor!” Salmos 122.1
FONTE:   http://www.escoladominical.com.br/home/artigos/112-domingo-de-manha-tambem-e-uma-bencao.html

8 Minutos Para a Eternidade


O mundo ainda não se recompôs da tragédia que nesta última semana encheu os nossos corações de dor e consternação. Um indivíduo, alegadamente sofrendo de problemas psicológicos graves, decidiu acabar com a sua vida e a de mais 149 pessoas, arremetendo o avião que pilotava contra uma montanha dos Alpes franceses.

As imagens do sofrimento, dor e revolta nas faces e expressões dos familiares, amigos e da população em geral têm corrido o mundo e são marcantes e angustiantes. A incontrolável saudade, os gritos de dor e as recordações tornam-se a tortura diária das centenas de pessoas que perderam algum familiar, amigo ou conhecido naquela indescritível tragédia.

8 minutos para a eternidade

Segundo os dados técnicos disponíveis, a tragédia iniciou-se 8 minutos antes da colisão, quando o infeliz co-piloto decidiu iniciar a queda abrupta e constante do avião até o choque final com a montanha rochosa.
Entretanto, de acordo com as informações que vêm chegando, as suas 149 vítimas só perceberam a realidade trágica que delas se aproximava a escassos momentos da colisão do avião contra a montanha. Segundo registros gravados, só se ouviram os gritos das vítimas, momentos antes do desastre.
Não imagino o que seja ver a morte à frente sem poder fazer nada para escapar. Uma coisa é certa: todos aqueles passageiros, que naquela fatídica manhã entraram naquela aeronave em Barcelona, acreditavam que a mesma os levaria em plena segurança até a cidade de Düsseldorf, na Alemanha. Ninguém ali escolheu a tragédia, muito menos contava com ela.
Quantos risos, alegrias, esperanças e expectativas foram partilhadas durante os minutos de vôo anteriores à tragédia? Certamente muitos.
Mas, a certa altura, alguém colocou o relógio daquelas vidas numa contagem regressiva de 8 minutos. 8 minutos até à colisão fatal. 8 minutos finais de uma existência desejada, mas bruscamente interrompida.

Qual é a maior tragédia?

A questão crucial nesta história não deve ser a das causas que levaram aquele co-piloto a provocar uma tragédia destas – ainda que mereça muita atenção e reflexão – mas saber em que condição espiritual estavam todas aquelas vidas.

É melhor estar sempre preparado

Toda a nossa vida é uma verdadeira viagem para um destino previamente escolhido. Se eu escolho viver com Deus e relacionar-me com Ele através da Pessoa do Seu Filho Jesus Cristo, tenho a vida eterna, estando por isso preparado para, em qualquer momento da viagem, partir para a presença de Deus, em paz e segurança, sabendo que Ele me receberá nos Seus braços de amor e perdão. Mas se escolho viver independentemente de Deus, não dando valor ou sentido aos Seus convites e apelos para que me reconcilie com Ele através do reconhecimento e confissão dos meus pecados, estarei despreparado, arriscando-me a enfrentar a condenação e separação eterna a qualquer momento em que a viagem da vida seja interrompida.
É por isso que Deus nos alerta: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias...”. “Prepara-te para te encontrares com Deus”.
Ninguém é o senhor do seu destino. Ninguém consegue adivinhar o dia ou a maneira em que vai partir para a eternidade através da morte física. É melhor estar preparado para quando essa interrupção se der. É melhor entregar a sua vida nas mãos de Deus e depender dEle, confiando na Sua capacidade de nos guardar de todo mal, ou preparar-nos para enfrentá-lo com plena confiança e certeza do destino maravilhoso que Deus tem preparado para todos aqueles que O amam.
Entrega o teu caminho ao Senhor, confia nEle, e o mais Ele fará” – Salmo 37.5
Normando Fontoura

domingo, 7 de janeiro de 2018

Estou Tão Fraco

Imagem relacionada
Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados. ” (Salmos 6.2)
Há momentos em nossa vida que nos encontramos muito fracos. Eu não estou dizendo que nos sentimos fracos. Estou dizendo que ficamos de fatos fracos. Esse pode ser o seu caso. Nesse momento, nessa hora, suas forças se esvaem. Você está completamente esgotado. As lutas e embates da vida, o estresse diário, as pressões e cobranças profissionais, a dificuldades familiares e os combates espirituais exauriram todas as suas forças! E sabe qual é a maior consequência de alguém fraco? O medo! Esse estado de fraqueza nos leva a tamanha fragilidade que sentimos medo. Muito medo. Medo de estarmos à mercê dos desafios diante de nós e não vencê-los. Qual a solução, meu irmão? Como se erguer novamente? Onde encontrar força, coragem? Parece tudo tão difícil. Parece melhor desistir e sucumbir diante da provação. A solução está em esperar no Senhor! Confiar nele. Invocar suas promessas! Pois ele é o fortalecedor do fraco; o consolador dos oprimidos; o restaurador dos caídos! Ouça o doce som dessa maravilhosa promessa de Isaías: “Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão”. (Isaías 40.31). Cante-a em voz alta. Reivindique seu cumprimento, erga-se de onde você está e receba a força do Senhor. Pois grande ainda é sua caminhada!   
Fonte:  defesa do Evangelho

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

sábado, 3 de dezembro de 2016

FINAL DE ANO

Resultado de imagem para anote aí

Datas :  24/12  ( sábado)  não haverá evento na igreja,

             25/12 (domingo)  Não haverá aula da EBD.     Mas a noite haverá culto normalmente.

             31/12 (sábado)- Vigília e Confraternização na igreja   - horário será divulgado ainda.

             01/01/2017 (domingo)-  Não Haverá EBD.
Teremos á noite o primeiro culto do ano de 2017  ás 19h30min

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Jesus é Deus ou um Anjo?

Resultado de imagem para pegadas de jesus cristo
Pergunta: “Em seu livro As Profecias de Zacarias – Visões de um Novo Tempo li que Jesus Cristo é o anjo do Senhor que estava parado entre as murtas (Zc 1.8-1). No livro Os Fatos Sobre as Testemunhas de Jeová, consta na pergunta “Quem é Jesus para as Testemunhas de Jeová?” (a partir da página 24), que as TJs ensinam que Jesus Cristo é o arcanjo Miguel, portanto, também um anjo. Em Mateus 1.24 está escrito: “E José, tendo despertado do sono, fez como o anjo do Senhor (portanto, Jesus) lhe ordenara”. Em Mateus 2.13 lemos: “E, havendo eles se retirado, eis que um anjo do Senhor (portanto, Jesus) apareceu a José em sonho...” Em Mateus 2.19: “Mas tendo morrido Herodes, eis que um anjo do Senhor (portanto, Jesus) apareceu em sonho...”. Em João 1.1 está escrito: “No princípio era o Verbo (Jesus), e o Verbo (Jesus) estava com Deus, e o Verbo(Jesus) era Deus”. Então, Jesus era Deus ou um anjo?”.
Resposta: Fica claro, a partir dos respectivos contextos dos trechos bíblicos, qual é o significado. Na maioria das traduções esse anjo não é chamado simplesmente de um anjo do Senhor, mas o anjo do Senhor. Além do mais, esse mensageiro fala muitas vezes com uma autoridade tal, que somente Deus possui. Assim é que, por exemplo, Êxodo 3.2,5-6 relata: “E apareceu-lhe o anjo do Senhor em uma chama de fogo do meio duma sarça. Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo, e a sarça não se consumia; ... Prosseguiu Deus: Não te chegues para cá; tira os sapatos dos pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus” (compare com Jz 2.1; Jz 6.22-24, etc.). Quando investigamos os trechos bíblicos que falam do anjo do Senhor, descobrimos o seguinte:
  • Ele é percebido como Deus.
  • Ele fala na qualidade de Deus.
  • Ele ordena coisas por autoridade própria.
  • Ele perdoa pecados.
  • Ele age como juiz.
  • Ele recebe adoração.
  • Ele consola.
  • Ele dá promessas.
O homem entre as murtas parece, portanto, ter essa autoridade (Zc 1.8-11).
No caso do arcanjo Miguel, o nome já dá a entender que não se pode tratar de Jesus. Miguel é diferente de Jesus, o que também ocorre com o anjo mensageiro Gabriel.      A José apareceu, aparentemente, o anjo Gabriel. Isso fica evidente pela relação com outros trechos (Lc 1.19, 26). Assim como Miguel não é Jesus, Gabriel também não é Jesus. Miguel é descrito como o anjo que intercede pelos filhos de Israel (Dn 12.1), além do mais, ele é “um dos primeiros príncipes”, e não o primeiro (Dn 10.13). Gabriel é um anjo que assiste diante de Deus, que é especialmente usado para receber ordens e transmitir mensagens (Dn 8.16-17; Lc 1.19,26).
Os outros anjos mencionados por você são chamados “um anjo do Senhor”, mas não “anjo do Senhor”. (Norbert Lieth).
Fonte:  chamada.com.br  acesso 03/11/2016